Camilo sanciona lei do intercâmbio internacional para alunos de escolas estaduais - CONEXÃO NOTÍCIA - Wellington Marques

Últimas

Post Top Ad

Responsive Ads Here

quarta-feira, 2 de outubro de 2019

Camilo sanciona lei do intercâmbio internacional para alunos de escolas estaduais

O governador Camilo Santana sancionou, nesta terça-feira (1º), a lei que trata do Programa Estudar Fora. A iniciativa tem como objetivo garantir aos estudantes da rede pública estadual de ensino a possibilidade de aprofundar os conhecimentos em uma língua estrangeira por meio de intercâmbio internacional, de forma gratuita.
A solenidade de lançamento, realizada no Palácio da Abolição, contou com a participação da vice-governadora Izolda Cela, da secretária da Educação, Eliana Estrela, além de estudantes, professores e diretores de escolas estaduais.
Os processos seletivos para o programa serão disciplinados e divulgados pela Secretaria da Educação (Seduc) mediante editais, que estabelecerão a modalidade de intercâmbio, a quantidade de vagas e os procedimentos de inscrição e seleção dos candidatos.
Camilo Santana ressalta o propósito da ação no sentido de auxiliar a preparação para a vida profissional dos jovens. “Vivemos em um mundo globalizado. Há uma disputa de mercado muito forte, e consideramos importante saber uma segunda língua. Isso abre uma perspectiva na vida de cada um. Em breve, vamos divulgar o processo seletivo. Já estamos fazendo contato com as embaixadas e consulados do Brasil em alguns países, para que possamos garantir um intercâmbio de qualidade, segurança e que traga o resultado almejado”, explica.
Ampliação
O governador disse, ainda, que pretende ampliar a rede de Centros Cearenses de Idiomas (CCI), com o objetivo de ampliar a quantidade de vagas para os alunos da rede estadual. “Vamos ampliar os CCIs em outras regiões do Ceará, para dar mais oportunidade aos jovens desse curso de qualidade. Não tenho dúvida de que o Ceará está no caminho certo, porque prioriza o capital humano. São as pessoas a coisa mais importante da nossa sociedade”, conclui.
Aperfeiçoamento
Realização
A secretária Eliana Estrela salienta que uma das principais marcas do trabalho que vem sendo desempenhado na Seduc é a aposta no protagonismo estudantil. “O brilho no olho, o coração palpitante, a vontade de aprender, de construir coisas novas, de interagir com os colegas, é o que queremos dos nossos jovens. Esse intercâmbio é um dos projetos, entre tantos, que estamos desenvolvendo na Educação. Tanto o governador como a nossa vice-governadora se dedicam, dia a dia, a pensar e a fazer de tudo para que nossos estudantes tenham uma vida mais digna e justa, conseguindo realizar os próprios sonhos”, frisa.
Critérios
Para participar, o estudante do ensino médio matriculado em uma escola da rede estadual deve atender aos seguintes requisitos: ter no mínimo 14 anos de idade até a data da viagem; não ter sido reprovado no ano anterior ao processo seletivo; ter registrado, ao longo do ano letivo anterior ao processo seletivo, frequência mínima de 85% nas aulas regulares; ter alcançado média aritmética mínima de 7,0 pontos, considerando os componentes curriculares do ano anterior ao processo seletivo e média final mínima de 8,0 pontos em Língua Portuguesa, Matemática e Língua Estrangeira; pertencer às famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico); ter sido autorizado a participar do intercâmbio pelos seus responsáveis legais e ter sido aprovado dentro do limite de vagas no processo seletivo, de caráter eliminatório e classificatório.
E ainda
Além da seleção, ficará a cargo da Seduc a supervisão e a concessão das bolsas-intercâmbio. O Programa Estudar Fora também vai contemplar as acomodações durante o período do intercâmbio; alimentação; custos em despesas com passaporte e vistos; seguro viagem e de saúde; traslados e contratação de curso intensivo ou imersão acadêmica, a depender da modalidade de intercâmbio.
Com informações da Assessoria

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here

Páginas