Seminário discute políticas de comunicação comunitária para Sobral - CONEXÃO NOTÍCIA - Wellington Marques

Últimas

Post Top Ad

Responsive Ads Here

quinta-feira, 25 de outubro de 2018

Seminário discute políticas de comunicação comunitária para Sobral


A Secretaria dos Direitos Humanos, Habitação e Assistência Social (Sedhas), por meio da Unidade de Gerenciamento de Projetos de Prevenção de Violências (UGPPVA) e da Coordenadoria dos Direitos Humanos, realiza, nesta quarta-feira (24/10), o I Seminário Direitos Humanos, Mídia e Comunicação. O evento acontece no Centro Integrado Sesi/Senai, durante todo o dia.
O início do seminário foi marcado por manifestações culturais (rap, poesia, charge e exposições de artes visuais) e uma roda de debates sobre "Mídia, comunicação comunitária e direitos humanos". Além de servidores públicos e acadêmicos, participaram das discussões jovens das comunidades dos Terrenos Novos, Nova Caiçara, Vila União e Sinhá Saboia, movimentos sociais e instituições governamentais e da sociedade civil.
"Estamos realizando a culminância do primeiro ano de atuação da nossa Unidade de Gerenciamento de Projetos de Prevenção de Violência e estou surpreso de ver as articulações que foram feitas ao longo deste ano, ao ponto de hoje termos aqui jovens dos territórios expondo o seu pensamento, as suas opiniões sobre os problemas sociais", afirmou o professor Júlio César Alexandre, secretário dos Direitos Humanos, Habitação e Assistência Social.
A roda de debates contou com mediação de Thamila Santos, da Célula de Comunicação Colaborativa, Criativa e Cidadã da UGPPVA. As exposições ficaram por conta de Ana Carla Dubiela, escritora e professora de Jornalismo do Centro Universitário Inta (Uninta); do secretário geral da Ordem dos Advogados do Brasil em Sobral, Raphael Viana; de Kaio Vieira, do Coletivo Juventude Periférica; do blogueiro Valdemir Fortuna (Em Foco News) e de Gênesis Nunes, da Coordenadoria de Gestões Territoriais da UGPPVA.
Pela tarde, o seminário continua com os "bondes de trabalho", círculos de discussão de propostas temáticas com "Mídias periféricas e experiência do cotidiano: narrativas e resistências", "A Lente e a Lei: jurisdição processual e novas mídias", "Mídias, ciberdemocracia e ativismo digital" e "Mídias, ética e imaginário: comunicação e territorialidade". Ao final do evento, será lida e pactuada a Carta pela criação de uma política pública municipal de comunicação comunitária.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here

Páginas